Como surgiu a coxinha?

Em 23 de Fevereiro de 2018-#ocrim

Há uma infinidade de histórias sobre como a coxinha foi inventada. Uma primeira, relatada pela pesquisadora Roberta Malta Saldanha em seu livro “História, Lendas e Curiosidades da Gastronomia”, diz que a coxinha foi criada ainda no Brasil Imperial. Segundo esta história, tudo se deve ao filho da princesa Isabel e do Conde d’Eu, que era criado na fazenda por ser uma criança especial, e tinha como comida preferida as coxinhas de galinha. Certo dia, ao perceber que faltaria a comida preferida do filho da princesa, a cozinheira desfiou outras partes do frango e as envolveu em uma massa, nascendo assim a coxinha, que conquistaria primeiro os nobres e depois seria difundida em todas as classes da sociedade.


Uma segunda versão sobre a origem da coxinha data do século XIX, em São Paulo. Com a rápida industrialização da cidade, a demanda por comida nos portões de fábricas era grande. No entanto, a comida mais popular, as coxinhas de galinha, estragavam muito rápido. Assim, os comerciantes começaram a desfiá-las e envolvê-las em uma massa, nascendo a coxinha.


Uma última versão atribui a criação do salgado aos escravos, que na falta de alimentos juntavam restos de animais, desfiavam e os envolviam em uma massa de mandioca, dando origem à coxinha.


Independente da história em que você acredite, o bom mesmo é comer coxinha, não importa a região em que você mora ou o seu paladar, já que há opções para todos os gostos.


© Copyright 1951-2016 Ocrim S.A. - Produtos Alimentícios.